Quando o casal se ajuda é melhor!!!

Quando o casal se ajuda é melhor!!!

Ter filhos é uma jornada sem fim. Mesmo dormindo Nós mães não desligamos o nosso botão conecto. Ele permanece no stand-by.

Quando temos filhos com necessidades especiais o nosso conetor não entra em standby ele fica ligado o tempo todo.

Os medos que nos assustam durante o dia são potencializados à noite. Medos das convulsões, engasges, apnéias e “ites” que atacam no sono.

E quando encaramos sozinhas a vida de uma criança, tudo fica difícil.  Nos cansamos, sobrecarregamos e muitas vezes por causa da exaustão adoecemos.

Quando na relação a Dois as situações são partilhadas e dando suporte ao outro a exaustão impera por que tomar conta de filhos é uma tarefa árdua e deveras cansativa, porém ela é partilhada.  E eu falo que eu não me canso tanto quando fico 12h na loja  do que quando passo 6 horas com a Valentina (kkk).

Mas voltando, quando falo que a divisão de tarefas ameniza o Fardo de ambas as partes e ajuda a equilibrar a relação, isso é fato. A relação fica descompensada quando NÓS mães estamos extremamente cansadas.

Falo isso por que os meus maiores estresses em casa são quando estou me sentindo exaurida de energia, paciência, tolerância e cansaço físico. As noites de sono mal dormidas deixam lastros negativos no contexto  geral da minha casa. E onde tudo reflete a minha exaustão no MEU esposo PC.

Sempre falo que as MÃES são o Termômetro da casa. Se estivermos bem tudo flui na sua perfeita ordem, contudo  quando algo desanda a casa toda entra em pane.

As Mães precisam estar emocionalmente e fisicamente bem para que o ritmo familiar flua adequadamente.

E para que isso ocorra a Relação e as tarefas precisam ser partilhadas. Não gosto da palavra divisão de tarefas por que apesar de uma casa parecer uma empresa , não é.

Então a partilha é a melhor forma de expressão.

Quando partilhamos, temos as mesmas responsabilidades mas sem a necessidades das cobranças. Na partilha cada um faz uma parte e não sobrecarrega ninguém. Cada um faz a tarefa sem precisar de ser mandado ou pedido.

Tudo Flui melhor quando não existe a tal cobrança. E a cobrança só existe quando há uma descompensação na partilha. Quando o desequilíbrio impera a exaustão é fato e o bolo-louco acontece.

Em casa, procuramos partilhar bem as tarefas, ainda não chegamos no 100% partilha mas estamos no caminho.

Eu por passar muito tempo em função das terapias da Valentina, entro em nível de cansaço emocional muito grande. Não é simplesmente você ir levar, é você estar presente, antenada nas dicas, prestar atenção em como fazer em casa para gerar uma qualidade de vida para a pequena. E isso é muitooooo puxado.  O levar, buscar entra no automático mas a conexão da realidade é que nos suga o emocional. O físíco é recomposto por uma noite bem dormida, aliás por várias no meu caso.. (kkk). Mas a exaustão emocional essa não passa. As cobranças são gigantes, os medos a cada hora muda de nome e isso exaure uma mãe.

E quando na relação não podemos contar com o nosso parceiro é fato que um dia ela acabará pois as energias que temos que investir com nossos filhos são muito maiores que a paciência em manter a vida conjugal.

Tenho recebido muitos relatos de mães que se lamentam que os maridos as deixaram quando souberam do diagnóstico.  Isso é uma realidade tão triste, mas é real. A maioria dos Homens NÃO dão conta emocionalmente dos Filhos por que NÃO falam dos seus sentimentos, das suas dores. Acham que devem ser Super Homens em todos os homens que se fecham em suas ostras e sofrem sozinhos e que a maioria prefere  se eximir do problema do que encarar ele de frente.

Em casa, o papai PC sofreu e ainda sofre. Hoje com mais leveza, pois aprendeu que sou o suporte dele na dor. Que quando tudo aperta ele pode e deve contar comigo. Que as promessas matrimonias estão sendo e foram provadas conosco.

https://diagnosticonaoedestino.com/2016/02/05/e-o-papai-me-aceitou-viva-o-papai-pc/

 

Quando uma pessoa desabafa suas dores emocionais ele consegue superar com maior facilidade o problema. E acaba encarando de forma diferente.

Na Semana passada, estivemos em atendimento na Rede Sarah.E nesse lugar a metodologia da Rede é  de uma abordagem que incorpora a família e o contexto de cada pessoa, no processo de neurodesenvolvimento. E  eles priorizam muito a família no desenvolvimento da criança. Tanto que eles sempre pedem o acompanhamento do pai e mãe, para que todo envolvimemento seja incorporado pelos dois a prioiri e depois que seja perpetuado aos familares.

E lá vemos muitos casais novinhos com crianças as vezes com problemas muito maiores que o da nossa pequena, e vemos que estão lá os dois lutando junto pelos filhos. Mas também vemos muita disparidade de mulheres desamparadas por um abandono. É nítido vermos os semblante entristecido das mães “singles”  ao contrário daquelas que estão com seus portos-seguros. E isso reflete nas crianças e no seu desenvolvimento.

E graças a Deus estávamos lá em Família. Sendo um suporte para o outro, na dor e na alegria também.

Por isso famílias, digo a vocês que é preciso que a Balança das responsabilidades esteja equilibrada para que a relação positiva reflita em crianças felizes e saudáveis.

Um super beijo…

Com mais afinidades e muita Partilha…

Michelle

( A REDE SARAH é a maior rede de hospitais de NEURO REABILITAÇÃO da América Latina e é referência internacional no quesito Neurociências e reabilitação).

Leia Também: https://diagnosticonaoedestino.com/2017/03/18/e-quando-o-pisca-alerta-insiste-em-nao-desligar/

https://diagnosticonaoedestino.com/2016/02/28/e-a-mudanca-comeca-em-nos/

 

CANAL DO YOUTUBE: DICAS DA VALENTINA

Anúncios

6 comentários em “Quando o casal se ajuda é melhor!!!”

  1. Continuem Unidos .Este sorriso da Valentina diz tudo.Amor e dedicação é o caminho!Sempre falei que a contagem do tempo vivido por pais especiais é dobrado,é tudo tão intenso que o dia tem muito mais que 24 horas. Toda dedicação,empenho e persistência na montanha russa que é a experiência de criar estes filhos especiais, tem um lado positivo, vamos desenvolvendo uma tal resistência que por incrível que pareça,aumenta muito nossa imunidade emocional. E isso é bom, pois precisamos muitas vezes garimpar soluções num cotidiano muito intenso! Parabéns papais! Meu desejo sincero é de que vocês continuem se amando muito, pois este AMOR é o combustível da vossa caminhada. Com carinho e admiração, Tânia.

    Curtido por 1 pessoa

Nos conte sobre a sua experiência ela pode ajudar muitas pessoas.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s