Arquivo da categoria: fonoterapia

A diferença entre o remédio e o veneno é apenas a dose!

A Diferença entre o remédio e o veneno é a dose.

Desde ano passado devido a uma série de acontecimentos e necessidades maternas aflorando, decidi que a vida da Valentina não será mais uma loucura. Faremos o que for necessário e pontual mas não mais um turbilhão de coisas como foi até o final do ano passado.

Resolvi aderir ao movimento slow parenting.

Slow Parenting” ou movimento dos pais sem pressa – É o Movimento que prega a desaceleração da rotina das crianças. Esse movimento que busca desenvolver o ritmo de cada família e respeitando o indivíduo como tal.

Desde o nascimento da minha Tulipa, vivemos uma rotina punk de atividades e com a correria vem os stresses e todos os seus agregados, irritabilidade, tensão, medos e afins…

E em agosto do ano passado, esposo ficou desempregado e essa situação gerou um movimento novo em casa de reestruturação financeira. Muitas opções foram e estão sendo mudadas. Estamos revendo nossas prioridades e necessidades. E foi nesse espaço de tempo onde vivemos uma tensão doida por conta das necessidades da Valentina que despertou em mim  alguns desejos como esse diminuir o rtimo e me conectar mais a ela.

Foi um período HARD com muito aprendizado, aumento da cumplicidade e união familiar. Não foi nada fácil mas aprendemos que podemos viver com muito menos e somos felizes assim. Pudemos exercer o desapego e aumentar a valorização pela nossa família.

Não é fácil ter que baixar o nível de status mas também não é difícil.. É só diferente. E em questão de viver a diferença estamos descolados kkkkkk…

E foi nesse momento de desaceleração financeira que pudemos enxergar as necessidades reais ao invés das necessidades ansiosas da mamãe. E foi muitoooo bom enxergar novas possibilidades. Rever as possibilidades financeiras me abriu o leque para outras situações que eu sempre descartara antes, por conta de conceitos pré-concebidos por mim.

Mas voltando a dose do remédio e conectando a nossa situação acima, pude observar que muito da rotina da Valentina era TOO MUCH para nós duas.

E que toda essa loucura que vivíamos foi imposta pela condição da Paralisia cerebral e da minha ansiedade e medos que me rondavam do que ela realmente precisava.

Eu hesitava escutar os conselhos da minha terapeuta Maribel que sempre dizia que a VALENTINA precisava de brincar ao invés de ter uma rotina tão puxada. Sei que todas as fisio, fono e demais são lúdicas mas são TERAPIAS.

Nessas férias brincamos muitos eu e ela, no chão, na piscina, no parque e  nesse processo de dedicação do brincar fui me resolvendo e pontuando o que eu poderia fazer para me melhorar como MÃE.

E decidi ser MÃE  e não mais mãe-terapeuta. Vou ser simplesmente mãe e estou feliz com minha escolha. Não falo que seja definitiva, mas sim pontual para o que sinto hoje.

Vou dedicar duas manhãs inteiras ao brincar, ao rolar no chão, ao assistir desenho juntas, a ir na biblioteca infantil. E vamos ver como minha linda Tulipa se desenvolverá. Estou bem certa das minhas escolhas…. E feliz com isso.

E a dose de tantas atividades, me tolhiam o tempo de brincar com minha filha. Vamos fazer o básico e brincar muito e veremos resultados surpreendentes. Tuod que é em excesso se torna um veneno.

E quando falo dos excessos em criança não falo especificamente na minha e sim no coletivo. Vejo hoje um nível de exigência muito puxado para os pequeninos.  Incluí- se aulas de  natação, balé, robótica e outras atividades extra curriculares e curriculares em excesso onde nossas crianças deixaram de ser crianças para serem mini workhalics.

Queremos preencher o tempo delas e nos esquecemos de sentar no chão para brincar, vamos para cozinhar e socamos a Tv para distraí-los ao invés de levar os pequenos para terem novas experiências com a gente na cozinha. Deixamos de tomar banho juntos por que demanda mais tempo para brincar.

Mas isso não é fácil pois exige paciência e tempo. E ainda exige um sentimento maior de todos o de QUERER.

Então o que falo a todos vocês amigos ..O  tempo passa tão rápido e a nossa correria do trabalho nos impõe um rotina estressante e estafante mas que ainda há lugar para a gente ficar conectado no mundo virtual.

Bora fazer diferença no mundo real para quem está perto de nós..

Bjs e bom resto de semana com muita curtição com essas lindezas.

Michelle

15895305_10205890402258792_9182822706726524404_n 15826421_10205890406538899_7322425932573668483_n dscn5160 passeio-2 passeio-3 passeio-5 passeio-6 img-20161121-wa0005 img-20161126-wa0009 valentina-cozinheira

 

Anúncios

Mudanças negativas geram ações positivas …

Mudanças negativas geram ações positivas …

Por exato 3 meses, não tenho postado nada. Por várias questões, falta de tempo, falta de vontade, falta de inspiração e  vários contratempos no caminho..

Mas eu volteiiiiiiiiiiiiiii…. agora pra ficarrrrrr …. kkk

Bom… Mas vamos ao assunto…. As tempestades vem … às vezes duram muitos dias … Mas passam .. Estamos no meio da uma tempestade em pleno mar á deriva… Mas logo chegaremos em terra firmes…. com um tempo bom.

Nesses três meses de inatividade virtual, mudanças positivas e negativas aconteceram …

Mas vou focar só no positivo porque o negativo está sendo processado e digerido.

  • Mudamos de fonoterapeuta…
  • Valentina fez Botox nas pernocas….,
  • Fizemos o tão temido exame de eletro (para mim é um MONSTRÃO).
  • Tulipinha mais grudada com o papai (adoooooooro)  E o Papai me aceitou !!!! Viva o PAPAI PC!!!

As mudanças aconteceram no tempo que são para acontecer, algumas me arrependo de ter sido tão resistente as mudanças. Muitas demoraram muito para acontecer (kkkk)

E por que prolonguei tanto???? Essa pergunta me aflige  e me liberta a mesmo tempo.

SOU MÃE, humana, medrosa, resistente e incerta… com muitos monstros me rondando.. Por muitas vezes os meus MONSTROS foram maiores que a minha racionalidade.

Vou pontuar uma a uma das mudanças para que vocês entendam e não caiam no mesmo erro tolo meu.

A mudança de terapeuta me fez enxergar que EU não queria aceitar novas mudanças pelo medo de recomeçar todo processo novamente. E Foi uma excelente mudança para ambos os lados. Tia Ana viu que a terapia não estava mais evoluindo e eu angustiada por que a Valentina não curtia mais ir. Ia chorando, não deixava manipular… Mas graças a Deus que esses anjos em nossas vidas nos dão toques. E assim foi… Mudamos para uma nova FONO que esta trabalhando a área que sempre me afligiu a COMIDA. Valentina come comida um pouco amassada agora, não mastiga muito mas consegue agora sentir PRAZER na alimentação.

A hora da comida sempre foi muito tortuosa para ambas as partes, eu sempre dava comida para ela numa tensão danada, levava 50 a 60 minutos para comer um pouquinho, e a Tia Renata a nova terapeuta conseguiu essa desconstrução sobre a alimentação. Hoje Valentina quer comer até sanduíche, aliás tudo que estamos comendo, a bichinha que. Já abre a boca para que possamos dar. Mudou completamente a relação com a comida.

O desprazer virou prazer… Upiiiiii… Graças a Deus…

O segundo tema sobre a aplicação de Botox…. Genteeee isso me deixava enlouquecida… sempre resisti.. por muita ignorância sentimental.

FOI uma das melhores coisas que fizemos… O relaxamento do músculo que ele provoca fez com que a minha filha tivesse a ótima sensação do ficar de pé sem dor e do sentar …

Mães … se seu filho precisar aplicar NÃO HESITE em fazer …. FAÇA pela qualidade de vida deles. …

E quanto ao temido exame de ELETRO.. ahhh esse me pegava …

Há tempos eu vinha reclamando a nossa neuro, que o sono da tulipa andava bem conturbado.. isso já vem desde abril… assim… essa preocupação se dava ao fato de ela poder convulsionar durante o sono e nós não identificarmos. Fui em várias clínicas porém não estavam mais sedando as crianças… E é obvio se ela não estiver sedada é impossível fazer o exame de ELETRO, pois eles precisam ficar quietos e imóveis… E como faz assim?? Não faz né..

Por isso demoramos tanto para realizar o tão temido exame. Depois de exatos 6 meses deu certo, sedaram e  GRAÇAS A DEUS… ELETRO NORMAL…

Ufaaaa!!! Outro monstro pra debaixo da cama kkkk

E a parte mais gostosa de todas do turbilhão negro das emoções, que no meio de um desencaixe que o papai está passando por conta do trabalho, Tulipinha acabou gostando de ver ele mais em casa e grudou nele.. Tá um chicletinho com o papai e ele  com ela..  Mas uma vez eu ressalto … “Nem tudo é tão ruim” … da parte negra a gente tira ótimas lições… e aprendizados…

13592706_10204776133402767_3975837988719443776_n

E assim continuamos a caminhada firmes e fortes com a Graça e bênçãos de Deus… para contar mais um pouco sobre a nossa Tulipa. A sensibilidade de uma Tulipa!.

Até o próximo Post com mais e mais News…

Bjs

Michelle

Novas Decisões…. e novos desafios….

bb 25

Novas Decisões…. e novos desafios….

Desde muito pequenina a Tulipinha Valentina tem corrido atrás do prejuízo. Uma corrida ensandecida contra o tempo.

Ohhh temido tempo.

Às vezes me esgoto emocionalmente e fisicamente, pois essa mocinha tem uma rotina muito puxada. São várias atividades diferentes, pessoas a manipulando e muito cansaço físico.

Todo santo dia, Valentina sai de casa com um objetivo traçado: TER QUALIDADE DE VIDA FUTURA.

Acontece que para que essa qualidade futura ocorra, é preciso muito força nossa como pais e família.

É Fisio, Fono, TO, Hidro, Equo, Natação, Kinesio, Ozonioterapia…. e ias e ias e mais ias…

Essa vida é difícil, porém necessária…

Quisera eu, estar atolando a Valentina de esportes, aulas de N coisas…    Mas……………

É o que temos para hoje.  E Vamos à luta.

E mais uma nova decisão tomamos durante o mês de abril. Iniciar um novo estilo de fisio para incrementar o tratamento atual. Hoje fazemos fisio na modalidade bobath com a Tia Marta e vamos complementar a partir da semana com o tratamento CUEVAS MEDEK.

Estou muito esperançosa e muito ansiosa por isso.  Daqui a 8 semanas darei feedback sobre essa nova sistemática.  Acredito que a Valentina vai adorar a novidade, pelo menos na avaliação ela se divertiu muito com as posições… (rsrsrsr).

Abaixo disponibilizarei o link de uma entrevista do idealizador desse método, para quem tiver interesse em conhecer .. Espero muitoooo resultados… Uiiii que frio na barriga.

Mas essa rotina PUNK de terapias, compromissos e muitas cobranças, Valentina tem demostrando a sua vontade de permanecer em casa, no relax, tranquila e favorável….

Mas infelizmente não posso deixar ela se alongar na preguiça, pois dias seguidos sem terapias acontecem perdas físicas.

Não costumo encorajar o sentimento de deixá-la em casa, não cumprir as atividades necessárias. Mas vou ser bem sincera que muitas vezes desejo MUITO não a levar. Por dó, cansaço pessoal e tristeza também. Mas faço todos esses sentimentos desaparecerem, pois não posso dar lugar a eles em nossa vida.

As dualidades de sentimentos brotam de vez em sempre.

Esses dias atrás me peguei chorando numa sessão de massagem para as minhas costas, por que eu havia deixado a Tia Jessica, cuidadora dela, a levar sozinha na Fono.

VC acha que pode????  KKKK

Como assim, Michelle. ???? A Tia Jessica foi chamada para me dar suporte mesmo, me dar um pouco de independência e dar mais autonomia também a Valentina. E a mamãe tonta chorando … com sentimentos de culpa… kaakkakak .

Ao mesmo tempo em que choro começo a rir de mim mesma.

Mas voltando as terapias e decisões. A cada tomada de decisão desse estilo, meu coração palpita e minha psiquê me chama a consciência com medo de estar dando muita coisa a essa menina e não dar o suporte emocional a tudo isso.

Sempre explico a ela de forma real e adulta o que vem pela frente e o porquê de estarmos nessa luta.

Mas são nessas horas que uns sentimentos de revolta brotam em meu coração e me vejo pensando no que um erro médico tem nos feito passar. Nós e a muitas famílias. E tenho sentimentos muito ruins em relação a minha ex-médica. Porém isso só faz mal a mim mesma por que a FDP nem sequer sabe das nossas lutas, batalhas e vitórias.

Mas ok… Não vou me lamentar, pois tenho tirado várias e lindas lições de tudo pelo que temos passado.

Então hoje o meu desabafo é só de cansaço…. Esperança e muita ansiedade também.

E borá adentrar a próxima semana com muitas BOAS e VIBRANTES novidades

Bjkas

Tulipa e Tulipinha

 

http://terapiadomovimento.blogspot.com.br/2011/02/entrevista-com-dr-ramon-cuevas-criador.html